Criptomoedas: inovação em investimento

Criptomoedas: inovação em investimento

A crescente procura por criptoativos tem aumentado o valor de mercado dessas aplicações. No entanto, cabe a reflexão: é um investimento seguro?

Criada em 2008 por Satoshi Nakamoto, a Bitcoin foi a primeira criptomoeda mundial. Utilizando a tecnologia do blockchain (corrente de blocos, em livre tradução), esse tipo de investimento procurou agregar quatro propriedades: ativo ao portador; transações irreversíveis; desconhecimento da identidade das partes; e não existência de intermediários.

Segundo o administrador e especialista em criptomedas, Fernando Ulrich, essa foi uma descoberta científica revolucionária que buscou solucionar o problema de envio de dinheiro entre uma pessoa e outra sem a necessidade de intermediários, ou seja, por meio de um sistema de dinheiro eletrônico peer-to-peer ou P2P (ponto a ponto, em livre tradução). “Pela primeira vez, a gente tem o próprio ativo junto com o seu sistema de pagamento, simultaneamente. O Bitcoin é o seu próprio dinheiro e o seu sistema de pagamento ao mesmo tempo. Isso é uma inovação no mundo financeiro”, destaca.

A matéria completa, você confere em revistarba.org.br

Deixe uma resposta

Fechar Menu